Motter Family: conheça nosso super STAFF!

Motter Family: conheça nosso super STAFF!

Já teve a oportunidade de conhecer nossa casinha AMARela e conversar com o nosso super STAFF? Ainda não? Pois então nós iremos te apresentar quem são essas pessoas incríveis que te darão boas dicas do que fazer, onde comer e o que conhecer. Já conhece o STAFF? Então esse post é para você matar a saudade e para dar aquela vontadinha de voltar <3

Jenyfer Machado

Curitibana nata, movida a pinhão desde 1995. Desde que me conheço por gente carrego comigo aquele friozinho na barriga e a vontade de conhecer cada pedacinho desse mundão e por isso, em 2013 entrei para a faculdade de turismo, na Federal do Paraná. O amor foi tanto que hoje continuo nessa área fazendo pós-graduação, estudando economia compartilhada.

De lá para cá tive a oportunidade de conhecer muita coisa linda desse Brasilzão, frio no sul, sol com aquela chuvinha no sudeste e claro, o calorzão do nosso nordeste <3 América do Sul e um pedacinho da Europa (Bélgica) também já estiveram na minha trajetória e nas minhas andanças.

Agora, para agregar ainda mais nas minhas experiências, estou como supervisora no Motter Home Hostel, conhecendo pessoas INCRÍVEIS em um lugar que ainda não havia conhecido igual, com uma energia inacreditável e única! Cada momento aqui é especial e vou levar comigo no coração para sempre!

Anna Zaitceva

Nasci na União Sovietica e cresci na Rússia. Me formei na Universidade Federal de Economia de São Petersburgo em Serviço sócio-cultural e turismo em 2014.
Mudei para o Brasil em 2015. Desde meu primeiro ano da universidade comecei a trabalhar em várias áreas de serviço como cafés, agências de viagem, mas sempre gostei mais de hotelaria.

Sempre achava hoteis, hosteis, pousadas, etc. interessantes para trabalhar. Parece que você mergulha no outro mundo. É um organismo vivo que nunca para e você no meio de tudo isso todo dia, ajudando a ele funcionar.
Adoro ler, aprender idiomas novos, viajar e ficar na paz em casa de vez em quando.

Canto e danço, principalmente quando a Jenyfer está sem celular pra me gravar e postar no stories dela. Nas horas vagas sou professora de idiomas também. Ensino Marcão falar com sotaque curitibano…e fazer sopas. Na maioria do tempo sou gerente do Motter e adoro a nossa casa AMArela com a equipe mais legal e animada desse mundo.

Marco Junior

Carioca no sangue, mas Curitibano de coração. Há 4 anos morando fora do Rio de Janeiro, Viajando pelo mundão.
Começando a criar raízes nessa cidade maravilhosa chamada Curitiba.

Cheguei na casa amarela como voluntário, fiquei tão encantado que até hoje eu trabalho. No motter aprendi a me conhecer melhor, e descobri uma paixão (cozinhar). Foi aqui que a minha jornada começou, e é um lugar que sempre vai ter um pedaço do meu coração.

Paulo Eduardo Júnior

Carioca, morei quase todos os meus 33 anos de idade no Rio de Janeiro. Um cara curioso, apaixonado por ciência, metido a querer aprender a fazer de tudo, com coragem de sobra para mudar tudo aquilo que não me deixa satisfeito. Sou enfermeiro e vim pra Curitiba, terminar minha segunda graduação e estagiar, dessa vez em engenharia mecânica.

Conheci o Motter em 2015, na minha primeira visita à cidade, foi o primeiro hostel que fiquei e até hoje não encontrei melhor. Tive a oportunidade incrível de morar no Motter e há dois meses estou aqui. Tem sido uma experiência maravilhosa! Fiz novos amigos, conheci muita gente boa, descobri novas habilidades e aprendi bastante coisa! Agradeço muito por isso.

Hoje penso em não voltar para o Rio de Janeiro e construir uma nova carreira em Curitiba, que tem sido uma verdadeira cidade maravilhosa para mim.

Carol Torres

Paulistana da gema, elegi Curitiba como meu lar em 2005. Formada em artes, estudei turismo, trabalhei em navio e morei em lugares variados como S. Francisco do Sul, Ilha do Mel e Dublin (Irlanda).

Em meus trabalhos e viagens conheci mais de 20 países e 60 cidades – e mantenho meu contato com o mundo trabalhando no Motter, conhecendo e fazendo amizade com hóspedes de vários lugares.

Fui a primeira Wordpacker do hostel em 2016, onde morei por 10 meses. Entre idas e vindas, sempre que posso, busco frequentar a Casinha AMArela tanto trabalhando quanto bolando festas e projetos mirabolantes.

Dona Elci

Matriarca da casa, essa senhora tão sorridente na primeira foto nos acompanha desde os primeiros anos de hostel, alegrando nossos dias com seus carinhos, abraços e comidinhas que abraçam o coração. Todos os domingos é ela quem está nos dando uma mãozinha com a casa e também fazendo bolinhos de chuva que não há igual nesse mundo.

Karla Choinsk

Dona das melhores histórias contadas no café da manhã, ela é quem nos traz alegrias com suas piadas e pensamentos rápidos. Ela também nos ajuda todos os dias a deixar nossa casinha em ordem e a manter esse clima maravilhoso que temos por aqui. Essa guerreira faz super jus a camiseta que está usando.

Deixe uma resposta